Twitter…e os blogs?

Posted on agosto 27, 2010

0


Muito antes do Twitter começar a “piar” como a ferramenta número um para se relacionar com o consumidor na internet, os blogs já faziam esta função com relativo sucesso. Em ações específicas ou como parte de sites corporativos, eles abriram as portas da internet para muitas empresas e tornaram dinâmica uma relação que era estática. Apostando no formato dos blogs, as marcas deram “vida” à sua presença on-line, antes resumida a exibição de conteúdo fixo, com raras atualizações e sem áreas de interatividade.
Por conta disso, mesmo com o sucesso das novas ferramentas, as empresas não devem ignorar os blogs na relação on-line com os clientes. É o que defende o consultor Sílvio Tanabe, especialista em marketing digital. “De certa forma, os blogs deram início à verdadeira democratização da web, permitindo que qualquer pessoa com acesso à rede pudesse se expressar publicamente”, diz. Na avaliação de Tanabe, o papel de espalhar rapidamente uma ideia, slogan ou conceito foi assumido de forma ágil e dinâmica por sites como Twitter, Facebook e Orkut. Porém, os blogs continuam sendo imbatíveis como canal de informação para dizer aos clientes o que a empresa está fazendo e descobrir o que eles estão pensando.
Tanabe destaca também os blogs como canal de relacionamento para construir uma base sólida de experiências positivas com seus clientes, que os converta de meros consumidores a fãs da sua marca. “A força do blog está na interação com os clientes e na possibilidade da empresa transmitir seus valores prioritários. O retorno não é medido em vendas, mas no grau de relacionamento que se consegue estabelecer com os clientes”, ensina.
Segundo o consultor, quanto mais forte esse relacionamento, maior a fidelidade a produtos e serviços e, aí sim, maiores as possibilidades de venda. Ele cita o exemplo de um hotel que pode usar o blog para ouvir sugestões dos clientes sobre o atendimento ou serviço de quarto, mostrar as melhorias que está fazendo e avisar sobre novos pacotes e promoções. Ao mesmo tempo, este blog pode atender queixas, reclamações e mostrar as medidas que está tomando para resolvê-las. “Cabe destacar que o uso dos blogs não exclui a atuação nas redes e mídias sociais”, afirma, ao lembrar que o Twitter é imediato e focado em ações rápidas e o blog é ágil e mantém o relacionamento aberto. “Atuando juntas, criam uma sinergia capaz de aumentar o raio de ação das suas ações de marketing digital”, conclui.

Brasileiros são os que mais acessam redes sociais
Os brasileiros são os usuários de internet que mais acessam redes sociais e blogs, conforme levantamento da empresa de pesquisas Nielsen. No País, 86% dos usuários entrevistados estão conectados a redes sociais, sendo que em abril cada brasileiro dedicou, em média, mais de cinco horas por mês a estes tipos de sites, com destaque para o Orkut. O estudo também reflete um aumento de 24% nas visitas às redes sociais durante o último ano e afirma que a expansão e a presença das redes sociais e blogs são tendências irreversíveis. Pela primeira vez, de acordo com o levantamento, os internautas dedicam às redes sociais uma de cada quatro horas que passam conectados à internet, 66% mais que um ano atrás.

Ferramenta mede o “burburinho” no Facebook
A E.Life, empresa especializada em monitoramento de redes sociais, lançou um recurso gratuito para fazer buscas no Facebook, um dos mais populares sites de relacionamento. O FacebookSearch facilita a busca de informações e monitora referências a marcas, produtos e serviços. Disponível no Brasil e em seis países europeus, terá acesso gratuito pelos próximos três meses. Para analisar melhor os dados, é possível exportar os dados em formato Excel, com o conteúdo dos comentários, autores, datas e horários de postagem.

Alexandre Gonçalves

Disponível em: <http://www.empreendedor.com.br/reportagens/consultor-lembra-que-mesmo-em-tempos-de-140-caracteres-import%C3%A2ncia-dos-blogs-para-empres> Acesso em: 27 ago. 2010

Posted in: Cotidiano