Mexa-se. O seu bem-estar talvez esteja a poucos passos

Posted on junho 28, 2010

0


Muitos pensam que combater o sedentarismo requer malhar diariamente na academia. Existem meios igualmente eficientes e fáceis de adotar que, ainda por cima, dão enorme prazer.
Costumo dizer que longevidade não é levar mais tempo para morrer, mas viver bem por muitos anos, com saúde, disposição e felicidade. Embora nunca tenha se falado tanto em qualidade de vida quanto hoje, muitos ainda usam a velha desculpa da falta de tempo para cuidar da saúde. Mas quem pensa que é preciso perder horas e horas na academia está enganado.
Tudo é uma questão de pequenos hábitos, que devem ser transformados desde já. Quem quer chegar lá na frente inteiro, cheio de gás e energia, é preciso abandonar o sedentarismo. Os avanços científicos e tecnológicos estão aí para nos ajudar. Se vamos viver mais, precisamos nos preparar agora. Basta simples gestos em nossas rotinas, como estacionar o carro um pouco mais longe do trabalho e ir caminhando; trocar o elevador pelas escadas ou mesmo deixar de almoçar na frente do computador e ir andando até o restaurante. Mexa-se. Conquistar seu bem-estar só depende de você.
As pessoas que se exercitam são mais fortes e possuem maior resistência do que aquelas que não saem do sofá nem por decreto. O controle remoto e os carros com vidros elétricos se transformaram em um dos maiores vilões da vida moderna. Todo esse conforto tem um preço: o seu futuro. Quem quer viver mais e melhor, precisa se conscientizar que o corpo e a cabeça exigem cuidados.
Caminhar, por exemplo, não toma muito do seu precioso tempo e ainda faz um enorme bem à saúde. Especialistas da Universidade Heriot-Watt, de Edimburgo (Escócia), aconselham apenas 15 minutos de caminhada por dia. Achou pouco? Então, siga a dica que dou em meu último livro “O Melhor Vem Depois”. Compre um podômetro – que não sai por mais de R$ 50,00 – e passe a monitorar quantos passos você deu durante o dia.
É a famosa regra dos dez mil passos, faça chuva ou faça sol. O que importa é ter disciplina e seguir em frente. Veja bem. Não quero aqui dar receita de bolo, mas uma dica simples e extremamente valiosa. Ao sair de casa pela manhã, crie o hábito de colocar o podômetro na cintura e aperte a tecla “iniciar”. Ao final do dia, não se esqueça de conferir seu desempenho – no mínimo dez mil passos.
Ah, aproveite e crie metas permanentes. Caso você não consiga cumpri-las, complete os passos andando perto de casa no dia seguinte ou mesmo à noite, levando seu cachorrinho para passear. Não desista, seja perseverante. Garanto que é mais fácil do que você imagina. Use menos o e-mail, o MSN e o celular para falar com os colegas de trabalho. Vá até eles e fale pessoalmente o que você tem de falar.
Pense em como pode ser divertido checar se você conseguiu o desempenho desejado ou se ainda falta muito. É a mesma sensação de acompanhar minuto a minuto a tela do computador para ver a cotação da bolsa. Veja que bacana: seu colega olha minuto a minuto o Black Berry e você o podômetro. Fácil concluir quem é mais saudável.
Pequenas ações como essas melhoram as relações profissionais, garantem hábitos mais saudáveis, melhoram o humor, aliviam o estresse, estimulam a atividade sexual e, de quebra, ainda se ganha mais anos de vida. Tudo com muito prazer. Comece já, a “Jabulani” está nas suas mãos!

Julio Sergio Cardoso

Disponível em: <http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/mexa-se-o-seu-bem-estar-talvez-esteja-a-poucos-passos/45952/> Acesso em: 28 jun. 2010.

Posted in: Cotidiano