Outros resultados

Posted on dezembro 10, 2009

0


Se você sempre fizer as mesmas coisas, obterá sempre os mesmos resultados. É realmente engraçado como teimamos em fazer as mesmas coisas, mas esperando resultados diferentes… Você já parou para refletir a respeito disso? A maioria das pessoas ouve esta frase e concorda sem sequer realizar uma reflexão a respeito do que isto significa; ou seja, além de não avaliar o seu próprio comportamento, não busca uma explicação, racionalmente, uma vez que não alteram nenhuma das suas atitudes. Isto nos mostra que, insistentemente, batemos sempre em uma mesma tecla e desejamos ouvir outro som, como se isto fosse possível. Ora, se temos ações iguais, como podemos desejar que os outros reajam de forma diferente?
Então, por que procedemos assim? Creio que esta seja uma forma de minimizar a responsabilidade sobre nossas próprias ações e o reflexo que elas provocam nos outros, porque, quando consideramos que não temos nenhuma responsabilidade em relação às atitudes dos outros, assumimos o papel de vítima. Assim, ser vítima é sempre mais cômodo do que se assumir enquanto agente causador de determinadas ações e reações.
Porém, se olharmos o outro como coadjuvante do filme em que somos protagonistas, saímos do papel de vítima, assumimos o papel principal de que somos causadores de reações a partir das nossas ações. E, então, ao avaliarmos o nosso papel, reconhecendo que nem sempre o problema está no outro, tornamo-nos capazes de obter resultados diferentes. Basta querer e fazer.
Então, seja criativo e use o cérebro a seu favor, afinal, não há limites para criar. Experimente, então, ter outros resultados!

Júlia Cristiane Schultz-Pereira

Jornal Diário Catarinense
Florianópolis – Santa Catarina
Edição de n. 8650 de 10.12.2009

 

Posted in: Administrando