Contratação malsucedida: confira motivos e consequências!

Posted on setembro 27, 2009

0


dicas_internas_superando_problemasAs expectativas com a contratação de um novo profissional são grandes. Ele virá para a equipe para dividir trabalho, ajudar os colegas e dar novas ideias… O problema é que nem sempre isso acontece, e o que seria algo bom acaba virando um pesadelo.
Mas por que as empresas erram na contratação? De acordo com a consultora de Recrutamento e Seleção da Ricardo Xavier Recursos Humanos, Carolina Guedes, isso acontece porque não são só aspectos como inteligência, conhecimento técnico ou educação que devem ser levados em conta no processo de seleção.
“A melhor forma de contratar é tomar como base as características comportamentais e valores do profissional, que precisam estar alinhados com a cultura da organização e aderentes ao perfil dos profissional que nela trabalham. Geralmente, quando os aspectos comportamentais são negligenciados, as chances de sucesso em uma contratação são mínimas”, disse a consultora.
Em alguns casos, a culpa por não identificar de maneira correta o profissional a contratar é dele mesmo, por omitir informações sobre seu comportamento ou até mesmo mentir. Quem sofre as consequências negativas é ele próprio!

Consequências da contratação malsucedida
Em um primeiro momento, quando a nova pessoa chega na equipe, os problemas podem não ser identificados porque ela ainda está em fase de treinamento. Mas à medida que o tempo passa, erros e comportamentos inadequados começam a ser identificados e, então, uma consequência é a falta de integração do contratado com a equipe, além do clima ruim no grupo.
“Um clima ruim gera desconfiança e divergências constantes que podem acarretar discussões, ciúmes entre os colegas, perseguição dos participantes e comentários negativos”.
E não é só quem está ao redor do profissional que é prejudicado, mas ele mesmo também. Conforme explicou Carolina, a partir do momento que o indivíduo não consegue interagir e ser aceito pelo grupo, passa a se preocupar mais com este fato e não desenvolve satisfatoriamente as atividades para as quais foi contratado. “Com isso, cria-se um círculo vicioso extremamente frustrante, podendo levar uma pessoa nesta situação a um quadro depressivo”, ressaltou a consultora.
E, em uma situação como esta, o melhor não é tentar manter o profissional na empresa. “Manter um profissional na organização gerando um clima ruim pode afetar a motivação e a produtividade de todos, inclusive do novo contratado. Assim, custará muito mais mantê-lo do que arcar com os valores envolvidos na demissão”.

Flávia Furlan Nunes

Disponível em: < http://www.administradores.com.br/noticias/contratacao_malsucedida _confira_motivos_e_consequencias/26235/> Acesso em: 27 set. 2009.

Posted in: Cotidiano