Qualificação

Posted on maio 3, 2009

0


estudantesUma boa colocação no mercado de trabalho é o que muitas pessoas almejam. Para alcançá-la, é preciso investir constantemente na carreira. Esse investimento tem início nos bancos escolares, mais à frente surgirá o primeiro trabalho, emprego ou estágio, até que as sucessivas experiências e a especialização decorrente dos anos de estudo construirão o que se pode definir como carreira profissional.
Há pessoas que se acomodam e deixam de investir em si próprias por haverem conquistado um patamar salarial acima da média daqueles que fazem parte do seu convívio social, agindo como se dinheiro fosse o mais importante. Tais pessoas geralmente alegam não haver mais necessidade de estudar porque o seu salário já é superior ao de muitas pessoas que cursaram uma faculdade ou cursos de especialização.
Não percebem que o mercado não é estático; logo, o que hoje está em perfeita ordem pode em pouco tempo sofrer bruscas mudanças (basta relembrar os diversos casos de substituição do trabalho humano por máquinas). Outro fato bastante comum ocorre quando, após a conclusão do curso de graduação, o recém-formado permanece algum tempo desempregado, o que faz parte de um momento seletivo em que, pelo nível de conhecimento que se tem, não é possível aceitar ou se sujeitar a trabalhar em qualquer lugar por qualquer salário e em quaisquer condições.
Esta atitude representa a não-desvalorização de sua formação (aceitando qualquer coisa), e a seletividade na escolha de um trabalho que possibilite utilizar os conhecimentos adquiridos, a capacidade profissional e, conseqüentemente, conhecendo o significado do termo realização profissional.
Todos que construíram ou estão construindo uma carreira percorrem um árduo caminho até que possam usufruir do seu investimento. Isso passa pela busca do conhecimento, que se concretiza por meio de cursos, treinamentos, leitura e do aperfeiçoamento nas mais diversas situações.
Não existem pessoas bem-sucedidas que não tenham percorrido tais caminhos, assim como não há espaço para quem pega atalhos ou tenta burlar os passos necessários. Para os que desejam sucesso no emprego é indispensável a qualificação profissional.

Júlia Cristiane Schultz-Pereira

Jornal A Notícia
Joinville – Santa Catarina
Edição de 05.08.2008, Nº 126.

 

Anúncios
Posted in: Cotidiano